Vamos ser Amigos na Saúde e na Demência?

Estima-se que em Portugal existam 200.000 pessoas com demência e que esse número triplique até ao ano 2050. No mês de consciencialização para as necessidades das pessoas com demência, o nosso Centro junta-se à Associação Alzheimer Portugal para a campanha social Amigos na Saúde e na Demência. Seja um Amigo também!

Quando o diagnóstico é demência, o medo é quase superior ao de receber o diagnóstico de um acidente vascular cerebral, da diabetes, de doenças coronárias ou mesmo de um cancro, dizem alguns estudos públicos. A palavra demência encerra em si um forte estigma associado, a discriminação e o isolamento social, que ocorre de forma inconsciente por parte de terceiros, entre crenças e preconceitos enraizados, e acaba por ser um passo atrás para o debate aberto sobre a doença que leva à perda progressiva das capacidades cognitivas.

Dar um passo em frente e falar sem rodeios sobre este diagnóstico quase oprimido, foi o ponto de partida para a campanha “Amigos na Saúde e na Demência”, que chegou a Portugal pela porta da Associação Alzheimer Portugal e que conta com o apoio da Sonae Sierra. Reduzir o estigma associado à doença, sensibilizar, consciencializar e ajudar os portugueses a compreenderem como a demência afeta o dia a dia dos nossos amigos, familiares ou vizinhos é o mote desta campanha, que pretende trazer para a conversa o país inteiro, para que se mude a forma de pensar, de agir e de falar sobre demência. No fundo, para tornar a sociedade mais sensível ao tema e mais amiga das pessoas com demência.

Para lembrar que a pessoa é muito mais do que a demência e que a amizade deve prevalecer em todos os momentos, o arranque desta campanha é marcado pelo lançamento de vários vídeos com testemunhos de amigos de pessoas com esta doença, como a Teresa, a Sara e a Fernanda. A estas caras anónimas, juntam-se ainda várias caras conhecidas aos “Amigos na Saúde e na Demência”. Margarida Pinto Correia, Sílvia Rizzo, Nuno Markl e Pedro Ribeiro são as figuras públicas que dão voz a esta iniciativa.

Qualquer pessoa, de qualquer idade, pode juntar-se a este diálogo. Como? Tornando-se um Amigo na Saúde e na Demência. Na prática, um Amigo na Saúde e na Demência é alguém que está disponível a aprender um pouco mais sobre como é viver com demência e transformar essa aprendizagem numa ação (que pode ser pequena ou grande) a favor das pessoas com demência. Tão simples como usar o termo pessoa com demência, em vez de “demente”, e partilhar com amigos e nas redes sociais o que se aprendeu com esta campanha. Ou seja, não implica necessariamente oferecer o seu tempo numa base regular ou acompanhar uma pessoa com demência em particular, basta recordar e pôr em prática o que se aprendeu no âmbito desta campanha.

E como posso ser um Amigo na Demência? Simples. À distância de um clique em https://www.amigosnademencia.org pode fazer mais pelas pessoas com demência do que imagina. Através do visionamento de um filme desmitificará alguns dos mitos sobre a doença. Depois só tem de preencher um formulário para formalizar o seu compromisso, que culminará na mudança de comportamentos por uma melhoria do dia a dia das Pessoas com Demência.

Também pode tornar-se um Amigo na Demência ao participar em uma das sessões de informação realizadas por colaboradores e voluntários formados pela Alzheimer Portugal, denominados embaixadores. Estas ações percorrerão os Centros de todo o país, de setembro a novembro, e terão a duração de uma hora, sendo que o número de novos Amigos na Saúde e na Demência é registado pelo respetivo embaixador no site da campanha.

Também as entidades públicas e privadas, bem como outras organizações do terceiro setor são convidadas a associar-se a esta campanha e a assumirem o compromisso de a divulgarem, promovendo a aprendizagem sobre a doença e convidando os seus colaboradores, beneficiários, clientes e comunidade a tornarem-se Amigos na Demência. 

Como vê, não faltam formas para se tornar um Amigo na Demência, nem tão pouco bons pretextos. Faça a diferença e seja mais um dos quase 2.000 portugueses que já se juntaram a esta causa integrada no movimento global Dementia Friends (https://www.dementiafriends.org.uk), liderado pela Alzheimer’s Society no Reino Unido e que já conta com vários milhões de Amigos na Demência em diversos países do mundo. 

Amigos esses que difundem as cinco mensagens principais da campanha pela sua rede de contactos. Afinal, é tão simples quanto isso. Conheça melhor as mensagens aqui: 

  1. 1. A demência não faz parte do envelhecimento normal
  2. 2. A demência é causada por doenças do cérebro
  3. 3. A demência não se resume à perda de memória
  4. 4. É possível viver melhor com demência
  5. 5. A pessoa é muito mais do que a demência  

Seja um Amigo na Saúde e na Demência já hoje, como nós!

Lançada a 5 de setembro, a campanha “Amigos na Saúde e na Demência” decorre até dia 21 de setembro. 

Categorias
Sustentabilidade
Partilhar

Tudo o que precisa num único espaço