Continente Bom Dia: a salvação num dia atarefado

Esta é a história de como uma ida ao supermercado passou de mais uma tarefa a cumprir a uma verdadeira experiência. Ora veja.

A semana estava a começar e, como acontece às segundas-feiras, o dia prometia ser caótico: entre levar os miúdos à escola, terminar o projeto que tem de ser entregue até ao final da tarde e ir às duas reuniões programadas, pouco ou nenhum tempo sobrava para qualquer outra coisa.

Às 18h, depois de um dia bastante atarefado, saí do trabalho com a sensação de dever cumprido, mas a achar que me esquecia de alguma coisa. Claro! O frigorífico estava vazio e ainda não tinha planeado o que fazer para o jantar, portanto era preciso passar pelo supermercado. Mas àquela hora da tarde o trânsito na baixa do Porto é caótico, o que significava que ia chegar demasiado tarde e não ia ter tempo de fazer tudo. A solução? Ir até ao Continente Bom Dia do ViaCatarina antes de voltar para casa.

O shopping fica relativamente perto do meu escritório, mas decidi ir de carro para não andar carregada com sacos. E se estão a pensar: “onde é que se estaciona às seis da tarde no centro do Porto?”, digo-vos que os parques de estacionamento do ViaCatarina são a salvação – e um dos motivos pelos quais decidi ir lá às compras.

Dirigi-me até ao piso 1 e entrei no Continente Bom Dia, já com uma ideia bem definida do que precisava de comprar: não tinha intenções de me alongar muito nas compras, o objetivo era trazer apenas o necessário para o jantar e alguns produtos que estavam em falta em casa. Mas o meu plano “foi por água abaixo”, como se costuma dizer, quando vi a variedade de artigos disponíveis. Optei, então, por fazer as chamadas compras do mês e trouxe um bocadinho de tudo.

Depois de ter no carrinho os iogurtes para os pequenos lá de casa, o detergente da roupa e os bifes que decidi fazer para o jantar, passei pelo corredor Bio & Saudável onde, confesso, perdi-me completamente! Entre massas sem glúten, opções vegetarianas, leites de todos os sabores possíveis e imaginários, a escolha adivinhava-se impossível, mas lá consegui trazer o que precisava. A seguir foi a vez de passar no corredor da fruta, repleto de variedade, e, naquilo que é um passo claro para a proteção do ambiente, vejo que este Continente deixou de disponibilizar sacos de plástico para embalar as frutas.

Com o carrinho completamente cheio, fui pagar as minhas compras e saí do Continente Bom Dia com a certeza de que este passará a ser o meu supermercado de eleição. Quer seja a uma segunda-feira caótica em que não há tempo para nada, ou a um fim de semana em que o tempo naturalmente passa mais devagar.

Publicação
27 de Fevereiro de 2020
Categorias
Lojas e restaurantes
Partilhar

Tudo o que precisa num único espaço